Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser! Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Projeto de extensão oportuniza realização da OBI no ensino fundamental

  • Publicado: Domingo, 27 de Setembro de 2020, 20h45
  • Última atualização em Domingo, 27 de Setembro de 2020, 21h47

Impactar a sociedade positivamente é um dos grandes lemas dos Institutos Federais, com base no tripé ensino, pesquisa e claro, extensão. E assim, o projeto "Desenvolvendo o Pensamento Computacional no Ensino Fundamental por meio da Olimpíada Brasileira de Informática", aprovado por meio do Edital Nº 12 de 14 de agosto de 2020, vem conseguindo atender estudantes de diversas cidades da região do Vale do São Patrício, mesmo de forma virtual. A oferta visa aprimorar habilidades como raciocínio lógico e pensamento computacional dos participantes, por meio de um curso de extensão online preparatório para olimpíadas científicas em informática, como a OBI. Ao todo, 56 inscrições foram efetuadas, abrangindo cidades circunvizinhas do Campus Ceres, como Rubiataba, Uruana, Nova Glória, Rialma, Carmo do Rio Verde, dentre outros municípios do entorno ceresino. 

O enfoque do curso tem como público-alvo discentes de 8º e 9º ano do ensino fundamental, em busca de promover a descoberta de talentos e vocações na área da computação e consequentemente, divulgar os cursos ofertados pelo Campus Ceres do IF Goiano. Para um dos extensionistas cadastrados, Orlando Filho, estudante da 2ª série integrada do Curso Técnico em Informática para Internet, "é uma experiência nova poder dar aulas para os estudantes, mas que vem sendo bem legal, ainda mais que grande parte dos alunos que se inscreveram tem vontade de estudar no Campus Ceres futuramente". O projeto está sob orientação do professor Adriano Braga, também coordenador do NEPeTI.

Ademais, é importante destacar que os estudantes já deram um dos primeiros passos nessa jornada. Na última quarta-feira (23), realizaram a Fase 1 da Modalidade Iniciação da OBI, que no Nível 2, concentra-se em provas de múltipla escolha, não sendo necessários conhecimentos relativos à programação de computadores. Para a edição de 2020, todos os participantes efetuaram a competição de forma totalmente virtual pela própria plataforma da olimpíada. No total, 32 discentes conseguiram realizar a prova de suas casas, que conteve 15 exercícios objetivos. Além da OBI, o projeto segue com aulas semanais todas as segundas-feiras até o mês de dezembro.

Desde já desejamos boa sorte a todas e todos, e que venha as classificações!

 

Breve revisão de aquecimento antes do início da prova online, que extrapolou fronteiras geográficas, com discentes de várias cidades da região. Créditos: Thalia Santana

 

Por Thalia Santana (Núcleo de Estudos e Pesquisa em Tecnologia da Informação - NEPeTI)

registrado em:
Fim do conteúdo da página